cerimonial

Para que serve e o que faz um cerimonial?

E agora, imaginem: com tantas possibilidades, tantos detalhes, tantos itens a serem contratados, tantos profissionais envolvidos, os noivos e seus pais não dão mais conta de controlar tudo.

Surge timidamente, há cerca de 30 anos, a figura do cerimonial. Antes restrito às cerimônias oficiais ou públicas, era o profissional quem conhecia o conjunto de formalidades, regras e normas que devem ser observadas em qualquer ato solene ou festa pública ou religiosa, fazendo cumprir a etiqueta e o protocolo, e que passa a assessorar os mais abonados e exigentes para seus eventos sociais. O nome Helena Brito Cunha se transforma em sinônimo de pioneirismo e requinte.

E novos nomes vão surgindo, junto com as novas tendências de festas e de casamentos.

Hoje, quando se pensa em fazer uma comemoração, seja íntima ou grandiosa, para poucos ou muitos convidados, seja aniversário, bodas, Barmitzvah, 15 anos, casamento (estamos falando só de eventos sociais), o primeiro passo é, com certeza, contratar um cerimonial.

Quando focamos em casamento, veremos que, dentre as dezenas de funções que este profissional irá desempenhar, existe uma que é fundamental: ser uma pessoa confiável, que irá buscar o equilíbrio entre os desejos, os sonhos, as informações e expectativas que cada um dos envolvidos naquele momento tem – noivo, noiva, pais de um e do outro, amigos, família – e a realidade, tanto financeira quanto emocional, para se chegar a um resultado perfeito.

Se tentarmos resumir as atividades do cerimonial, poderíamos pensar em três fases: planejamento, organização e coordenação de um evento.

A primeira etapa é quando se define o perfil do evento: qual o melhor período, para quantas pessoas, se haverá cerimônia religiosa ou civil, qual a localização ideal tanto do templo/igreja quando da recepção, qual o melhor horário… e vão surgindo as opções e os limites. Neste momento, o profissional poderá ajudar a buscar os espaços ideais para cada necessidade, sugerir alternativas, orientar nas escolhas. Levantar orçamentos, verificar datas disponíveis, esclarecer os pontos positivos e nem tão positivos de cada possibilidade, ajudar na negociação, são algumas das atividades fundamentais neste momento.

Decididos data e local, começa a fase de escolha dos profissionais de foto, vídeo, música, decoração, Buffet, bebidas, bartenders, além de bolo, doces, bem casados, chocolates, convites, calígrafo, carro, cabeleireiro, maquiador, estilista, buquê… e o padre? E terá alguma atração especial? E a sandália havaiana? Pode ter cerveja? E a roupa das damas? Tem que pagar ECAD? Com quem ficam as alianças? Qual o melhor hotel? E a lista de presentes? Devo ou não fazer um site? E as músicas da cerimônia? E como a tia viúva vai sozinha para a Igreja?!?!

Dúvidas, qual o melhor “custo benefício” de cada escolha, conselhos de amigas, da tia que quer tanto ajudar, e aquelas histórias do que não deu certo no casamento da Fulana, ai que medo que aconteça no meu…

Pois é, tudo isso faz parte do que o cerimonial deve planejar, orçar, organizar, controlar. Inclusive a ansiedade dos noivos, os pequenos, ou grandes, problemas familiares, o melhor aproveitamento dos recursos financeiros.

Falando assim parece um caos, um grande aglomerado de problemas. Mas não é. É a rotina de um cerimonial. Com seu conhecimento, agilidade, profissionalismo, e, principalmente, com seu bom senso, tudo isto é prazeroso, agradável, divertido. Cada passo, cada decisão, a degustação de cada doce, a prova do vestido, a escolha das flores, das músicas, do menu, tudo, enfim, é só alegria, descontração, felicidade…

E uma certeza: quando o grande dia chegar, aquela pessoa que conviveu com os noivos, com as famílias, que agora já sabe muito bem o que cada um espera daquele momento, estará lá, junto com todos os profissionais escolhidos com tanto dedicação, cuidando de todos e de tudo, controlando todos os detalhes, ajudando e permitindo que cada um a faça o seu melhor, criando uma atmosfera de amor e tranqüilidade.

Sobre o Autor

1 Comment

  1. Adoro acompanhar esse blog! Adoro babar com as fotos que vcs postam. Que pena que moro longe em NY, vou me casar por aqui e adoro "roubar" umas idéias deste cerimonial! Simplesmente Show esse blog! Parabéns Beth Kos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close