20151208162251

Casamento Beeta e Fernando

Há algum tempo deixei de dividir com vocês as novidades aqui no blog.
Primeiro, porque viajei, e aí a Rosa ficou super atarefada…
Depois quando cheguei, foi um evento atrás do outro, não dando tempo nem pra respirar, que dizer de escrever com carinho e cuidado, como costumo fazer.
Mas eu gosto muito de postar aqui idéias, fotos, informações.
Então, vamos começar a atualizar tudo, e para começar, um casamento muito diferente:

UM CASAMENTO PERSA NO RIO DE JANEIRO

A cerimônia persa de casamento, chamada “aghd”, acontece em frente a uma elaborada e bem decorada mesa, onde diversos símbolos são espalhados.
Tradicionalmente, esta mesa, chamada “sofreh aghd” é colocada em direção ao leste, na direção do nascer do sol. Assim, quando o noivo e a noiva estão sentados na cabeceira da Sofreh-ye Aghd eles estarão de frente à Luz.
A toalha da mesa é feita de tecido luxuoso.
O livro sagrado em frente aos noivos é do casamento dos pais da noiva, guardado por 40 anos e agora entregue pelos seus pais à Beeta.
Um espelho e dois candelabros  são símbolos da luz e do fogo, representando o noivo e a noiva e o brilho do seu futuro.
A noiva tem um lenço longo feito de seda e bordado que será esticado sobre as cabeças dos noivos, que estarão agora sobre o mesmo teto. Durante a cerimônia várias mulheres das famílias irão “moer, esfregar” dois cones de açúcar, que serão banhados com doçura e alegria.

O que encontramos nesta mesa:
1.     Uma bandeja com sete ervas , grãos e temperos e incensos, para manter os olhos do diabo longe e trazer muita saúde

2.     Um pão especial, cozido e decorado em forma de flores, com muitas bênçãos. Ele simboliza prosperidade para as festas e para o futuro do casal

3.     Uma tigela com ovos decorados e outras com amêndoas, nozes e avelãs, simbolizando fertilidade.

4.     Romãs e maças – Romãs são considerados frutos paradisíacos e a maça simboliza a criação divina.

5.     Rosas frescas – para perfumar o ar

6.     Bastões e flores de açúcar cristalizado para adoçar a vida dos recém casados

Muitas velas, flores e jóias ainda enfeitam esta mesa, com brilho e beleza.

Depois que o noivo aceita casar com a noiva logo que lhe perguntam, e a noiva só responde após a terceira vez que é questionada… assim, o noivo deve esperar a resposta da noiva, ansioso para tê-la como esposa.
Depois disto, um alimenta o outro com mel: esta tradição acontece imediatamente após o casamento, quando cada um mergulha seu dedo mindinho num pote de mel e alimenta o outro, simbolizando que eles irão alimentar um ao outro com doçura e apoio .

A emoção desta cerimônia foi seguida por uma benção católica, pelo Diácono Nelson Águia.

Depois, todos para a festa!
Um primoroso jantar preparado pelo Cheff Elizeu Ferreira, da Julieta de Serpa,  foi oferecido aos convidados acompanhado pelas bebidas fornecidas pelo Porto di Vino.
Doces da Frances, Fabiana d’Angelo e diversos trazidos pela família.
O bolo, lindo, do Bruno Ignacio.
Depois do jantar começou a pista, mas antes, o corte do bolo… muito legal!
O noivo tenta comprar a faca das amigas da noiva… veja o vídeo, vale a pena!

E a pista bombou com músicas persas, brasileiras e de todos os cantos do mundo, com os DJ André e Bira.
Assim que recebermos as fotos oficiais da equipe V Rebel vamos substituir estas domésticas…

Sobre o Autor

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close